quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Novo site da Arteplural

A Arteplural Edições tem um novo site onde poderá consultar o catálogo completo da editora, subscrever a Newsletter e estar a par de todas as novidades. Aqui: http://www.artepluraledicoes.pt/

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Crítica de Leitor: «O Dia em Que Matei o Cupido»

«Quem não conhece a famosa Jennifer Love Hewitt?
Viciada como sou na série televisiva Em Contacto/Entre Vidas, foi com grande curiosidade e entusiasmo que recebi a notícia de que a actriz ia lançar um livro sobre uma das temáticas que mais aflige o sector feminino da sociedade – o amor –, e exclusivamente dedicado a elas. Lê-lo, posso dizer, foi uma autêntica delícia construtiva e humorística, que não só me deixou com um sorriso nos lábios como me levou, por inúmeras vezes, a reflectir sobre as palavras lidas e na veracidade crua e dura com que foram escritas. Sábia no que diz respeito a um dos mais profundos sentimentos humanamente existentes, Jennifer Love Hewitt aborda as diversas variantes emocionais da palavra amor, ao mesmo tempo que tenta abrir os olhos de todas as mulheres que o sentem (ou já sentiram) por forma a fazê-las ver que “e viveram felizes para sempre” somente existe nos contos de fadas.
O Dia em que Matei o Cupido é um divertidíssimo manual de sobrevivência feminina que não só apela ao bom senso que normalmente a mulher tem o hábito de ignorar quando um homem se encontra na equação, como também ajuda a identificar alguns dos problemas existentes e das persistências que devem ser imediatamente abandonadas. O Dia em que Matei o Cupido mostra ainda algumas dicas fáceis de pôr em prática e extremamente interessantes que permitem às mulheres deixar as figuras tristes e embaraçosas do lado de fora da porta – e que é onde elas estão bem!
Entrar em detalhes sobre um livro como este é imensamente complicado, se não mesmo impossível. Contudo, uma coisa vos garanto, minhas fiéis companheiras, esta obra é uma pequena (incrivelmente grande!) preciosidade que todas nós deveríamos de guardar religiosamente em casa. Quase como uma bíblia do que se deve ou não se deve fazer num primeiro encontro, quando as mensagens são mais que muitas, no começo de um namoro ou na monotonia de um casamento, O Dia em que Matei o Cupido é a obra mais que perfeita para elucidar, tirar dúvidas ou incentivar as mulheres a agir... em prol delas mesmas.»
Pedacinho Literário

Sugestões de prendas para este Natal

Para os mais pequenos:















 
Para os mais gulosos:














 
Para os recém-papás:


terça-feira, 15 de novembro de 2011

Imprensa: «Que Delícia!»

«Cor, sabor e textura
Quanto tempo demora uma sobremesa? A resposta é traduzida em capítulos no livro Que Delícia!, com receitas para se fazerem dos cinco aos 30 minutos. Para os célebres crepes Suzette são necessários 20 minutos, mas quem preferir reinterpretar a cozinha indiana no final da refeição, poderá fazer chamuças de morango em 15.
Carolina Brewester acredita que é possível aliar rapidez aos três pilares de uma sobremesa - cor, sabor e textura. Para isso, é necessário abdicar de alguns preceitos que em Martha Stewart seriam obrigatórios - as receitas de Brewester incluem massas pré-cozinhas, frutos desidratados de pacote ou creme de pasteleiro pronto a usar. Um sacrilégio para a norte-americana, mas uma questão prática para a food stylist de Londres.»
Sol

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Em novembro

O momento em que uma mãe e um pai veem pela primeira vez o seu bebé depois de este nascer é sem sombra de dúvida um momento mágico! Mas quase instantaneamente a magia acaba quando a criança recém-nascida abre a boca e desata a chorar. E continua a chorar nas semanas e meses seguintes, seja para comer, seja porque está na hora de mudar a fralda, seja porque está com cólicas. Nessas alturas todo o romantismo de ter bebés desaparece e dá lugar a horas sem dormir, cansaço e um desespero quase total. Neste mês de novembro, a Arteplural traz-lhe o livro que encara de frente esta realidade, com um humor acutilante, mas ainda assim divertido. Vai Dormir, F*da-se é já um fenómeno de vendas nos EUA e chega agora a Portugal. Veja aqui em pormenor todas as nossas novidades para este mês.

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Neste outono

Em outubro a Arteplural traz-lhe um novo livro de Desmond Morris. Depois do irresistível, Descobrindo o seu Bebé, o autor regressa aos escaparates portugueses com O Desenvolvimento da Criança, em que se explora o mundo das crianças dos 2 aos 5 anos, desde que dão os primeiros passos até que começam a trilhar a longa estrada da independência.
Se sofre de dor crónica, Tudo Sobre a Dor poderá ajuda-lo a recuperar o controlo sobre a sua vida, superando a dor.
Veja mais em pormenor tudo sobre as novidades da Arteplural para este mês.

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Direitos de trilogia de Chris Priestley adquiridos para Portugal

Em 2012, a Arteplural começará a editar a trilogia de histórias de terror do autor Chris Priestley, nomeado para o UKLA Children's Book Award, para o Manchester Book Award e para o Lincolnshire Young People's Book Award. Em cada livro, vários contos tão misteriosos quanto aterradores são contados às crianças que se deliciam com o suspense ao virar de cada palavra para depois elas próprias se descobrirem no meio de uma história ainda mais incrível. São os Contos de Terror do Tio Montague, Os Contos de Terror do Navio Negro e Os Contos de Terror da Boca do Túnel. A não perder a partir de 2012!

Saber mais aqui:
http://www.talesofterror.co.uk/

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Imprensa: «Big Nate Volta a Atacar»

«Este é o segundo volume de uma colecção protagonizada por um rapaz que se diz “um génio”. De seu nome Nate; melhor, Big Nate. Mas na verdade “não é, de todo, o menino dos professores”. Em Big Nate Volta a Atacar, tudo começa com a observação de um quadro à entrada da Escola n.º 38 com “ziliões de fotografias de bebés”. Nada mais do que os rostos (do passado) de todos os colegas de Nate. O geniozinho garantiu a toda a gente que tinha identifi cado Jenny, “a rapariga mais espectacular de todo o sexto ano”. Mas afinal parece que a confundiu com a sua inimiga n.º1, Gina. O autor de banda desenhada que assina este livro continua bem-humorado e com um conhecimento claro do quotidiano dos miúdos. Por isso, alguns leitores jovens dizem que os livros lhes fazem “lembrar situações que acontecem de verdade na escola”.
Também identificam algumas personagens como muito idênticas aos seus amigos e aos seus inimigos… Na contracapa, anuncia-se: “O livro 3 vem já a seguir.” Venha, venha, porque se lêem num só dia.»
Público

terça-feira, 6 de setembro de 2011

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Imprensa: «Tudo Sobre Ataques Cardíacos»

«Um livro que ajuda a combater os enfartes miocárdios
Os enfartes do miocárdio são o risco mais grave e premente para a saúde, e é importante saber como preveni-los. E a informação desempenha um papel fundamental na protecção. Tudo Sobre Ataques Cardíacos, da Arteplural, revela os resultados das pesquisas e os estudos científicos mais recentes sobre os enfartes do miocárdio e mostra como funciona o coração e o que pode correr mal. Explica também os testes e os tratamentos a que se é sujeito, no caso de se ter um enfarte do miocárdio, e como conseguir a melhor ajuda na reabilitação. Além disso, apresenta novas informações sobre os riscos que ameaçam as mulheres, sugerindo como combatê-los.»
Papas & Bebés

Imprensa: «O Dia em Que Matei o Cupido»

«Viciada em amor

Com O Dia em Que Matei o Cupido a actriz alerta as mulheres para os ardis da paixão. Atrevida, refere que "um vibrador é tão importante como uma escova de dentes".

"Olá, o meu nome é Jennifer Love Hewitt e sou viciada em amor." É assim que a actriz se apresenta. Isto pode ser interpretado como uma chamada para um livro com malandrices de alcova, o que não é bem verdade. Há um certo exagero e, se alguém procura revelações íntimas escaldantes, pode procurar noutro lado. Parte do conteúdo de O Dia em Que Matei o Cupido é sóbrio, similar ao que as revistas cor-de-rosa apregoam. Com a diferença de que Jennifer dá graça e malícia aos assuntos.
No capítulo O Encontro Perfeito, Pilhas Incluídas é onde ela se mostra mais provocadora. "Um bom vibrador é tão importante como uma escova de dentes", diz. E aconselha as pudicas a dar um nome ao "safadinho", que na sua opinião pode manter uma solteira "longe da promiscuidade e das doenças". No prefácio, confessa-nos Jennifer, 32 anos, feitos em Fevereiro, que o livro teve a ver com o fim de uma relação. Uma purga sentimental, portanto. Servindo-lhe a reflexão para melhor compreender os mecanismos dos afectos, num suposto gesto altruísta, quis partilhar com as outras mulheres a experiência, revelando segredos e truques para se ser mais feliz aos amores. De forma humorística, deita por terra a figura idílica do Cupido, que se acredita ter a seta pronta a atingir o coração do objecto do nosso afecto, mas que afinal não passa de "um serzinho diabólico"; mais uma, entre outras ideias românticas falsas.
Morto o Cupido, aconselha: "Vamos sair e descobrir o amor que sempre quisemos, mas com os pés assentes na terra." Sem se mostrar amarga, mas livre de fantasias, serve-se dos erros passados como uma arma para "lutas" futuras; que o amor não é coisa simples e o homem ideal não existe.
[...]»
Revista Focus

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Novidades para setembro

No próximo mês de setembro, e porque 2012 está cada vez mais perto, a Arteplural edita Guia de Planeamento Pessoal e astrológico – 2012, de Nuno Michaels, um guia que será uma fonte de inspiração e crescimento, com dicas e ferramentas muito úteis para enfrentar o dia-a-dia com espírito positivo para desfrutar de uma vida mais saudável em todos os sentidos. Também editamos a agenda de Paulo Coelho, Momentos 2012. Veja aqui em pormenor as novidades da Arteplural para o mês de setembro.


segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Imprensa: «Big Nate Volta a Atacar»

«Este é o segundo volume de uma colecção protagonizada por um rapaz que se diz “um génio”. De seu nome Nate; melhor, Big Nate. Mas na verdade “não é, de todo, o menino dos professores”. Em Big Nate Volta a Atacar, tudo começa com a observação de um quadro à entrada da Escola n.º 38 com “ziliões de fotografias de bebés”. Nada mais do que os rostos (do passado) de todos os colegas de Nate. O geniozinho garantiu a toda a gente que tinha identificado Jenny, “a rapariga mais espectacular de todo o sexto ano”. Mas afinal parece que a confundiu com a sua inimiga n.º1, Gina. O autor de banda desenhada que assina este livro continua bem-humorado e com um conhecimento claro do quotidiano dos miúdos. Por isso, alguns leitores jovens dizem que os livros lhes fazem “lembrar situações que acontecem de verdade na escola”. Também identificam algumas personagens como muito idênticas aos seus amigos e aos seus inimigos… Na contracapa, anuncia-se: “O livro 3 vem já a seguir.” Venha, venha, porque se lêem num só dia.»
Letra Pequena

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Imprensa: «A Dieta dos Sumos»

«Christine Bailey, mestra em Ciências e nutricionista de alto coturno, deitou-se à escrita de A Dieta dos Sumos, por cá a Bertrand editou, na linha Arteplural. É um livro onde são entregues de bandeja 100 «receitas» de sumos para todos os paladares. Como predica a autora, "a dieta dos sumos é uma forma fácil e deliciosa de revelar o verdadeiro potencial de todo o corpo".
Mais que copázios, o texto inicia-nos em receitas de lanches e refeições ligeiras, tudo agremiado em seis capítulos e dividido por dois tipos de plano: de emagrecimento e de aperfeiçoamento. Nada disto em abono de corpos esqueléticos, longe das "modas" crispantes de magreza... para desfilar bem na praia... Nem apregoar mezinhas ou comprimidos para derreter as banhas. É um livro sério e que nos ajuda a uma dieta saudável, a praticar pelo menos umas quantas vezes ao ano.
Como proclama a autora, "um livro a pensar em quem acorda e se sente apático, inchado e gordo. Em quem não resiste a espreitar as calorias que ingere e verifica sempre o índice glicémico dos alimentos ou de dietas pobres em carboidratos". Nós que editorialmente apregoamos vinhos, nem por isso descuramos um sumo pleno de vida. À saúde!»
Revista Epicur

sexta-feira, 29 de julho de 2011

Novidades de agosto

Em agosto saiba porque é que Jennifer Love Hewitt matou o cupido. Aqui.

terça-feira, 26 de julho de 2011

Big Nate do TOP

Big Nate Volta a Atacar está no TOP Infantil da Bertrand!

Imprensa: «O Dia em Que Matei o Cupido»

«Love Hewitt escreve livro sobre a finitude dos amores

A actriz e cantora norte-americana Jennifer Love Hewitt, escreveu "O Dia em Que Matei o Cupido", [...] na qual partilha as experiências que teve nos relacionamentos amorosos [...].
Love Hewitt lembra que para viver o amor com os pés bem assentes na terra "é preciso matar o Cupido". Num exercício sagaz e sarcástico, explica como escolher o homem certo e como saber quando deixar partir aqueles que não interessam, revelando ainda umas quantas verdades sobre o sexo oposto.
A autora deixa também vários conselhos como as 20 coisas a fazer após uma separação, as dez coisas a fazer antes de um encontro, ou os perigos dos 'flirts' através de mensagens de telemóvel.»
Diário de Notícias Online

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Fenómeno «Go The F**k to Sleep» em Portugal


A Arteplural adquiriu os direitos de edição em Portugal do livro «Go The F**k to Sleep», de Adam Mansbach, com ilustrações de Ricardo Cortés. Este livro tornou-se um fenómeno de vendas nos EUA e está há semanas no top da lista de best-sellers do New York Times.

«Go The F**k to Sleep» é um livro infantil para pais que vivem no mundo real, onde nem sempre rimas musicais e gatos fofinhos atiram os bebés para o mundo dos sonhos, num sono balsâmico. Profano, afetuoso e brutalmente honesto, os versos de Adam Mansbach retratam na perfeição a dificuldade que é conseguir com que o pequeno anjinho lá de casa adormeça e durma uma noite sossegada. Neste processo, abre-se uma discussão sincera sobre as frustações de se ser pai, permitindo também rirmo-nos delas.
Com ilustrações de Ricardo Cortés, «Go The F**k to Sleep» é belo, subversivo e hilariante, um livro para pais, sejam eles novos ou velhos. Um livro definitivamente não recomendado para crianças.

Pode visualizar o vídeo sobre o livro aqui. E ler o artigo do New York Times sobre a obra aqui. E ainda do Guardian.

Em Portugal também já começa a ser falado. Espreitar aqui e aqui.

Excerto de entrevista a Gabriela Oliveira

«Chama-se Alimentação Vegetariana para Bebés e Crianças e é uma preciosa ajuda para quem quer ver a carne longe do prato dos rebentos. A Papas & Bebés esteve à conversa com Gabriela Oliveira, a autora, e ficou a conhecer um pouco melhor esta dieta que pode ser adoptada desde os primeiros meses de vida.

[...]
Papas & Bebés: Como surgiu este livro?
Gabriela Oliveira: Escrevi-o quando a minha filha, agora com cinco anos, era bebé. Tinha já pesquisado para o meu filho mais velho e feito diversos trabalhos sobre crianças vegetarianas. Percebi que não havia nada no mercado sobre alimentação vegetariana infantil. Em países estrangeiros, como a Inglaterra, era muito fácil uma criança ser vegetariana. Os filhos dos vegetarianos eram-no de forma natural. Em Portugal de 2006, havia uma enorme falta de informação, nem os médicos sabiam dizer a partir de que idade se podia seguir essa dieta. Resolvi, então, pesquisar mais e transpor os dados para o formato de livro, aproveitando a licença de maternidade.

P&B: Como se tornou vegetariana?
GO: Tinha 22 anos quando, ao falar com vegetarianos, se deu o clique. Entendi que existiam alternativas à carne e que podia não contribuir para o sofrimento a que estão sujeitos os animais, tanto quando são mortos como durante a sua vida. Apercebi-me de que podia alimentar-me sem falhas de nutrientes; só precisei de abrir o congelador e deitar fora a carne. Não fiquei mais vulnerável a doenças. A única diferença é que comecei a comprar soja, tofu e seitan em vez de carne.

P&B: Há, porém, outras razões que levam à adopção da dieta vegetariana?
GO: Existe quem o faça para perder peso e por razões de saúde. Há quem experimente, se habitue aos sabores neutros e à mais fácil digestão e depois já não volte à carne ou se fique apenas pelo peixe. Passados alguns meses de vegetarianismo já se estranha, até, a textura da carne.

P&B: O percurso inverso também acontece?
GO: Sim, há quem seja vegetariano durante a adolescência e depois, quando chega a altura de ter filhos, volte a ingerir carne. Ainda existe uma enorme pressão da sociedade no sentido de incutir a ideia de que a carne é um alimento fundamental para o fornecimento de proteínas e ferro.

P&B: Mas é possível educar o sabor para o vegetarianismo desde cedo, sem riscos para a saúde?
GO: Existe a hipótese de escolher entre uma dieta estrita e a ovolactovegetariana. Na segunda é muito mais fácil obter todos os nutrientes, uma vez que é maior e mais versátil. Já o regime vegan só é mais acessível durante os primeiros anos, até à entrada para a escola. Um bebé come mais facilmente sopas com soja ou com tofu e os biscoitos em casa feitos pela mãe. É extremamente simples educar uma criança para ser vegetariana.
[...]
Papas & Bebés

terça-feira, 12 de julho de 2011

Imprensa: «A Dieta dos Sumos»

«A Dieta dos Sumos oferece mais de 100 sumos e batidos de fazer água na boca. Um livro a pensar em quem acorda e se sente apático, inchado e gordo, em quem não resiste em espreitar as calorias que ingere ou para quem passa o dia a comer alimentos amanteigados, cheios de açúcar, gorduras e conservantes. Basta seguir os planos de dieta e combinar os sumos e batidos com lanches leves e refeições saudáveis, a fim de manter o metabolismo elevado e estimular a perda de peso.»
Saúde à Mesa

Convite - Lançamento «30 Ideias para Viver Melhor»

Clicar na imagem para aumentar

quinta-feira, 7 de julho de 2011

Lançamento: «30 Ideias para Viver Melhor»

No próximo dia 13 de Julho, a autora Cristina Azedo, estará presente no Espaço do Autor da Livraria Bertrand do Chiado, pelas 18.30, para apresentar o seu mais recente livro 30 Ideias para Viver Melhor. Neste livro é apresentado um conjunto de ideias dividadas em duas partes: uma dedicada ao Corpo, com a autora a deixar informações, curiosidades e dicas direcionadas para a saúde; e outra dedicada ao Espírito, com propostas práticas de mudanças e sugestões para uma vida mais atraente e compensadora.
O objetivo de ambas? Lançá-lo no caminho do bem-estar e acabar com a tendência para as complicações!
Venha descobrir como viver melhor! Contamos com a sua visita!

segunda-feira, 27 de junho de 2011

terça-feira, 7 de junho de 2011

Imprensa: «Quem Mexeu no Meu Queijo Para Crianças»

«Queijo por descobrir

A adaptação de um sucesso de Gestão fora do vulgar é uma óptima lição para todas as idades. "Quem Mexeu no Meu Queijo Para Crianças" elogia a abertura à mudança.

Na vida, tudo muda e temos de saber lidar com as mudanças, olhar para as transformações, tirar partido delas, não recear conhecer coisas novas e evitar ficarmos presos a um passado que não regressa.
Este é o cerne de um livro que nasceu para um público adulto, mas rápida e naturalmente foi adaptado pelo seu autor, potenciando a mensagem, adequada a leitores mais jovens.
"Quem Mexeu no Meu Queijo Para Crianças" (que conhece agora uma nova edição, na Arteplural Edições) parte da obra que celebrizou o Dr. Spencer Johnson, para nos fazer reflectir sobre a necessidade de adaptação permanente - porque nada na vida deve ser dado como adquirido.
A narrativa é protagonizada por quatro figuras coloridas, Fungadela, Correria, Pigarro e Gaguinho. Todas as manhãs, os quatro calçam os seus ténis e fazem-se à aventura num tremendo labirinto, à procura daquilo que mais anseiam: queijo mágico.
Quando encontram uma imensidão desse elemento que procuram, saboreiam-no e com ele alimentam o corpo e o espírito, os seus sonhos. Mas as diferenças começam aí. Enquanto Fungadela e Correria vão tendo consciênciada finitude desse tesouro, Pigarro e Gaguinho julgam-no eterno e desleixam-se. Quando o queijo termina, os dois primeiros partem em busca de outro queijo mágico - como saberia Heraclito, não se pode comer duas vezes o mesmo -, mas os restantes companheiros ficam desnorteados e esperam que tudo regresse ao que era. Só que o tempo não anda para trás...
Um livro que é uma óptima lição de vida, embebido de ingredientes de fantasia, adequados a tornar a sua leitura num momento de prazer, enquanto transmite a noção de que é necessário procurar aquilo que queremos e encontrar na transformação um elemento de apoio, nunca de dissuasão. Até porque, como bem sabia Camões, "todo o mundo é composto de mudança".»
João Morales, Os Meus Livros

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Em Julho Big Nate Volta a Atacar!

No próximo mês de Julho a série Big Nate, de Lincoln Pierce, estará de volta às livrarias portuguesas.

Big Nate vai superar todos os outros!
Mas não será fácil. Gina, a sua maior inimiga, não o larga e pode estragar tudo!

Será que o Nate vai ganhar ou perder… ter outra nega… ou acabar no castigo MAIS UMA VEZ?

sexta-feira, 6 de maio de 2011

Feira do Livro de Lisboa - Workshop de Alimentação Vegetariana

Gabriela Oliveira, autora do livro Alimentação Vegetariana para Bebés e Crianças, estará presente na Feira do Livro de Lisboa para a realização de um workshop de Alimentação Vegetariana, no stand da Arteplural, na praça do Grupo Porto Editora. A sessão terá lugar no dia 8 de Maio, domingo, a partir das 16:00. Contamos com a sua presença!

quinta-feira, 5 de maio de 2011

Eventos na Feira do Livro

Cristina Azedo, autora do livro Guia de Sobrevivência para Belas e Modernas, estará presente na Feira do Livro de Lisboa, no dia 7 de Maio, Sábado, entre as 15:00 e as 16:00, para a realização de um workshop de beleza.

Licenciada em Ciências da Comunicação pela Universidade Nova de Lisboa e formada em Jornalismo pelo CENJOR, Cristina Azedo optou pelo jornalismo freelancer, colaborando em publicações como Pais e Filhos, Máxima ou Must/Jornal de Negócios. Pelo caminho fez ainda formações profissionais na área de estética, da massagem e do bem-estar. Atualmente, além de escrever em revistas e blogues, é terapeuta de reflexologia e de shiatsu.

segunda-feira, 2 de maio de 2011

Novidades de Maio

A Dieta dos Sumos
Christine Bailey

perder o máximo de peso com o mínimo de esforço
• emagrecer • desintoxicar • tonificar • manter-se elegante e saudável

Descubra os planos de emagrecimento da Dieta dos Sumos: Um Fim-de-semana Intensivo de Sumos, para uma transformação radical do seu peso; Uma Semana de Sumos, para ganhar vitalidade e conseguir um corpo elegante e livre de toxinas; e Um Ano de Sumos, para manter a linha a longo prazo e ter uma vida mais saudável.
Experimente também: os Sumos Embelezantes, para combater a celulite e obter uma pele mais perfeita e com menos rugas e linhas de expressão; os Suprassumos de Energia, para potenciar o seu trabalho físico e mental ao longo do dia, todos os dias; e os Sumos Fortificantes do Sistema Imunitário, para proteger o seu organismo de doenças e outras perturbações.
Siga os planos e combine os sumos e batidos deste livro com lanchinhos leves e refeições saudáveis, a fim de manter o metabolismo elevado e estimular a perda de peso. Para completar o programa de emagrecimento, inclua na sua dieta alguns dos suplementos alimentares recomendados, realize um ou outro tratamento desintoxicante, e faça exercício.

Quantas vezes já acordou sentindo-se apático, inchado e gordo? Está cansado de contar as calorias ingeridas? Farto de verificar o índice glicémico dos alimentos ou de dietas pobres em carboidratos? Já não tem motivação para tentar emagrecer e definir o corpo? É demasiado fácil começar o dia cedendo aos alimentos amanteigados e cheios de açúcar... e depois ao lanche e ao jantar continuar a ingerir mais açúcares e gorduras, mais aditivos e conservantes! No entanto, bastar-lhe-á ler algumas páginas deste livro para perceber a verdadeira eficácia da Dieta dos Sumos — ponha-a em prática e verá como é fácil perder os quilos extra e ao mesmo tempo melhorar espantosamente a sua imagem e a forma como se sente. São mais de 100 sumos e batidos de fazer água na boca, juntamente com receitas de lanches e refeições ligeiras, espalhados por seis capítulos, três dos quais dedicados a três planos de emagrecimento: Um Fim-de-semana Intensivo de Sumos, Uma Semana de Sumos e Um Ano de Sumos (um plano para toda a vida!). Além disso, pode também experimentar os Sumos Embelezantes, os Suprassumos de Energia e os Sumos Fortificantes do Sistema Imunitário. Cada um destes 100 sumos é um concentrado de nutrientes, rico em sabores vibrantes e naturais, e em cada capítulo deste livro encontra toda a informação de que precisa para levar tranquilamente a bom porto o seu plano de emagrecimento. Vale a pena tentar: a Dieta dos Sumos é uma forma fácil e deliciosa de revelar o verdadeiro potencial do seu corpo.

Sobre a autora:
Christine Bailey tem um mestrado em Ciências e é nutricionista, consultora de saúde e alimentação, chef de cozinha e professora de artes culinárias. Pertence à associação Guild of Health Writers e escreve para várias revistas de saúde e alimentação. Ministra cursos e workshops, presta serviços de consultoria a autoridades locais e escolas, e colabora com uma série de organizações não governamentais e de solidariedade social, incluindo a World Cancer Research Fund UK.

sexta-feira, 29 de abril de 2011

Feira do Livro de Lisboa 2011

A Feira do Livro de Lisboa já começou e a Arteplural estará este ano no espaço do Grupo Porto Editora, no stand B10. Esperamos pela sua visita!

Poderá consultar o Livro do Dia da Arteplural na coluna da direita deste blogue.

Quanto a eventos, convidamo-lo a participar no Workshop de Reiki no Sábado, dia 30 de Abril, pelas 16:00, apresentado por Filipa Rodrigues, autora do livro Reiki para Todos, e em especial para crianças. Estamos a contar consigo!

quinta-feira, 28 de abril de 2011

Feira do Livro de Lisboa - Livro do Dia

A partir de hoje e durante a realização da Feira do Livro de Lisboa, iremos divulgar aqui o Livro do Dia da Arteplural. Esteja atento!

O Livro do Dia para hoje, 28 de Abril:

Ser Armani – a Biografia
Renata Molho

Preço Capa – € 24,23
Preço Dia – € 14,54


quinta-feira, 14 de abril de 2011

Imprensa: Bebés vegetarianos

«Verdes no prato

O caso do bebé de 11 meses que morreu subnutrido chocou a França. Mas muitas crianças vegan crescem sem problemas.

Quando Louise morreu aos 11 meses, com 5,7 quilos, a França entrou em choque. O bebé estava a ser alimentado apenas a leite materno, sem que os pais – um casal de vegans – lhe tenham dado outro alimento às refeições. A história ocorreu em 2008 e, na semana passada, um tribunal condenou-os a cinco anos de prisão.
"Estamos a falar de pais negligentes, porque deveriam ter iniciado outros alimentos a partir dos quatro meses e aos seis deveriam ter introduzido as proteínas de origem vegetal", reage Gabriela Oliveira, vegetariana há 14 anos e autora do livro Alimentação Vegetariana para Bebés e Crianças.
Para Paulo Oom, pediatra que segue crianças vegetarianas, a mãe "cometeu um duplo erro": continuou a amamentar numa idade em que «as crianças necessitam de uma quantidade e de um tipo de nutrientes que nenhum leite fornece» e provavelmente "não estaria a tomar suplementos vitamínicos para suprir" as falhas da sua alimentação.
Oom explica que, no caso dos vegans – que não comem alimentos de origem animal, nem ovos ou leite –, as carências de vitaminas D e B12 devem ser colmatadas. A primeira é responsável "pelo crescimento dos ossos e dos dentes", enquanto a vitamina B12 "é fundamental para o sangue e o sistema nervoso".
Por isso, quando nas consultas recebe pais que pretendam impor um regime vegan aos filhos, o pediatra procura  "demovê-los". E saliente que o ideal será "dar uma alimentação igual a todos os outros bebés e só mais tarde fazer as restrições".
Por seu lado, Gabriela Oliveira, mãe de três filhos que comem ovos, leite e queijo, defende que "há tantos alimentos vegan à venda, enriquecidos com vitamina B12 e ferro que é possível crescer-se sem qualquer risco para o desenvolvimento". E acrescenta que há à venda leite de soja adaptado a bebés.
Sobre Louise, que morreu subnutrida, diz que "é injusto colar essa morte ao vegetarianismo e ao 'veganismo'", até porque no seu caso a experiência com os filhos tem sido boa: "Os mais velhos são os mais altos da turma e têm sido saudáveis, sem otites, bronquiolites e essas doenças típicas da infância. Mas também têm constipações...".
As suas refeições incluem sempre um alimento proteico, como tofu, seitan, soja, ovos ou salsichas vegetarianas, além da fruta e dos legumes. Gabriela recorre de vez em quando às leguminosas, como o grão, o feijão e as lentilhas.
Para Paulo Oom, o peixe e a carne também devem ter lugar no prato: "Estão na roda dos alimentos e devem ser dados nas quantidades e proporções necessárias".»
Maria Francisca Seabra, Sol, 8 de Abril de 2011

terça-feira, 29 de março de 2011

Crítica de Leitor: «Big Nate»

«De facto, a referência de comparação para caracterizar esta série, é mesmo o Diário de Um Banana. São muito semelhantes e orientados para a mesma faixa etária. A principal diferença é que o Banana é mais desenho e menos texto e o Nate é mais texto e menos desenho. No entanto, as ilustrações são muito sugestivas e deixam-nos um sorriso na boca.
Neste primeiro volume, temos a descrição de um dia na vida de Nate, que começa ao acordar e acaba no fim da última aula da tarde. Os equívocos e os azares são o "pão-nosso de cada dia" na vida do "grande" Nate: quanto mais se esforça para entrar no livro dos recordes, pior as coisas lhe saem. Mas digo-vos, desde já, que vai mesmo conseguir bater o recorde!...
Gostem ou não do Banana, sigam esta nova série e não se vão arrepender.»
 
 

Imprensa: «Alimentação Vegetariana para Bebés e Crianças»

«Gabriela Oliveira, jornalista, é vegetariana e mãe de três filhos com 11 e 5 anos e 7 meses, também vegetarianos. É autora do livro “Alimentação vegetariana para bebés e crianças” (Arte Plural Edições), uma espécie de manual para vegetarianos que vão ser pais e têm dúvidas se devem manter o seu regime na alimentação dos seus bebés, para mães e pais vegetarianos que não sabem cozinhar muito bem ou precisam de ideias, para famílias omnívoras que querem aliviar o consumo de carne e peixe e introduzir algumas refeições vegetarianas na ementa semanal. “É uma boa maneira de variar os alimentos e ensinar as crianças a não serem esquisitas”, diz a autora. O livro é a reedição da primeira obra, lançada em 2006, e sai esta sexta-feira, dia 25 de Março, para as livrarias com um preço de 10 euros.
“Alimentação vegetariana para bebés e crianças” é sobretudo um livro para pais e mães, que começa por desfazer preconceitos e dúvidas porque, salienta a autora, mesmo os pais vegetarianos são assaltados pelo receio de que o regime vegetariano não seja suficiente em termos nutricionais para as crianças. E, embora a cultura alimentar esteja a mudar e o vegetarianismo se tenha tornado mais comum, ainda há resistência e estranheza. “Quando estava grávida do meu primeiro filho já era vegetariana e as enfermeiras diziam-me 'Veja lá se sabe o que está a fazer, tenha cuidado'. Ainda não há muitas crianças vegetarianas porque ainda há muito receio que a alimentação vegetariana não seja suficiente na infãncia”, conta Gabriela Oliveira, que tem três filhos saudáveis, vegetarianos desde o útero.
“Vegetariano in utero – gravidez saudável” é, aliás, um dos temas abordados no livro, que é essecialmente prático. Nas primeiras páginas, descreve os princípios do regime vegetariano e os seus alimentos essenciais, explicando como obter as proteínas necessárias e a quantidade necessária de ferro, falando ainda do “leite” de origem vegetal e das associações favoráveis dos alimentos. Em seguida, no capítulo “Crescer vegetariano”, Gabriela Oliveira fala de gravidez saudável, da introdução dos alimentos no primeiro ano de vida, dos alimentos em função da idade e também daqueles a evitar. A introdução faseada dos alimentos é mais importante do que parece, sublinha a autora, que alerta para um mito comum em torno de vegetarianos: “As pessoas pensam que, se um alimento é de origem vegetal, pode dar-se tudo à vontade. Não é bem assim porque não se pode dar leguminosas a bebés, por exemplo. E é preciso saber a partir de que idade se podem dar as proteínas vegetais”. Para coligir todas estas preciosas informações, consultou livros ingleses e norte-americanos aquando do nascimento do primeiro filho.
Lendo as instruções de Gabriela, criar um filho vegetariano parece ter o mesmo grau de dificuldade do que criar um filho omnívoro. Há regras na mesma, só que em vez de se falar de carne ou peixe, fala-se de seitan e tofu.O importante é garantir que a alimentação tenha proteínas, esclarecendo aqui que a autora é ovo-lacto-vegetariana e não vegan, o regime vegetariano que exclui todos os alimentos de origem animal. O último capítulo do livro tem mais de 80 receitas para fazer comida vegetariana para bebés e crianças: primeiras papas, sopas e purés de legumes, pratos com soja, tofu e seitan, hambúrgueres e croquetes, empadas e tartes de vegetais, panquecas, pudins e gelatinas, bolos e biscoitos.
No livro, Gabriela quis, de certa forma, tornar acessível a outras mães e pais um conhecimento que demorou muito tempo a adquirir e consolidar. Salienta ser preciso falar de escolhas com os filhos. Ela é vegetariana por não querer consumir um alimento cuja produção assenta no sofrimento de animais, que torna a sua criação uma indústria ambientalmente insustentável. A dada altura, explicou aos filhos essa opção. “Para as crianças serem vegetarianas, é importante que tenham motivação e entendam a razão dessa opção. Não se deve formar uma criança no que toca à alimentação a não ser, obviamente, nas coisas óbvias”, refere a autora.
No que toca à vida social da família, a jornalista diz que “hoje em dia, é muito fácil ser ovo-lacto-vegetariano”: “Há sempre omoletes nos restaurantes e há muitos restaurantes de comida italiana, onde se pode comer pizzas”. Quanto ao abastecimento da despensa, tem-se tornado mais fácil com o aumento de pontos de venda de alimentos vegetarianos, como a soja e o tofu, que se vendem já nos supermercados comuns. E o preço pode compensar, além dos benefícios para a saúde, advoga. “A alimentação vegetariana pode ser mais barata do que a alimentação com peixe e com carne, pode fazer-se uma alimentação vegetariana a baixo custo”.
A viver em Lisboa, Gabriela não teve muita dificuldade em manter o regime alimentar no Jardim de Infância e na escola, ainda que tenha levado os alimentos de proteína vegetal para o infantário. “Comiam o mesmo que os outros, só trocavam a carne e o peixe pela proteína vegetal”. Só na escola teve que intervir para pedir que variassem mais a ementa do filho mais velho e não lhe servissem sempre ovos. Lembra que, mediante a apresentação de uma declaração médica (no seu caso) ou de um responsável religioso ( no caso dos vegetarianos por razões religiosas), as escolas têm que fornecer refeições vegetarianas às crianças.»
Dora Mota, Jornal de Notícias, Março de 2011

quarta-feira, 23 de março de 2011

Em Abril:

Reeditamos...



Quem Mexeu no meu Queijo?
É isso que Fungadela, Correria, Pigarro e Gaguinho querem saber.
Os quatro amiguinhos vivem num grande Labirinto e todas as manhãs percorrem-no em busca daquilo que os faz felizes: o Queijo Mágico!
Um dia encontram uma enorme quantidade de Queijo. É tanto que parece que vai durar para sempre. Contudo, certa manhã, descobrem que o Queijo desapareceu e é então que tudo muda.
Quem mexeu no queijo? Será que ele vai voltar? Ou será que os quatro amigos terão de se aventurar mais uma vez pelo Labirinto para encontrar mais Queijo?
Agora os jovens leitores também podem desfrutar da história do best-seller Quem Mexeu no Meu Queijo? e aprender, de uma forma muito divertida, como lidar com a mudança.

quarta-feira, 2 de março de 2011

Passatempo «Big Nate» - Os Vencedores

O passatempo «Big Nate» terminou e os vencedores já foram encontrados:

São os Seguidores ML e Mister Rocha. Muitos parabéns aos vencedores!
[Agradecemos que nos enviem os seus dados, nome completo e morada,
para o e-mail arteplural@sapo.pt para que possamos enviar os seus prémios]



terça-feira, 1 de março de 2011

Passatempo «Big Nate»


Lançamos um novo passatempo para os nossos Leitores:



Big Nate é o recordista do mundo em travessuras, e não é de TODO o menino dos professores. Para os fãs de Diário de Um Banana, chega Big Nate a Portugal.






Temos dois exemplares do livro Big Nate Numa Classe à Parte para oferecer aos primeiros dois leitores que responderem correctamente às seguintes perguntas:

  1. A que está destinado Big Nate?
  2. Como é que Big Nate sabe que é o melhor?
  3. Em que dia é lançado o livro Big Nate?

As respostas podem ser encontradas no blogue.

Condições do passatempo:
1. As respostas poderão ser dadas nos comentários, com indicação do nick de Seguidor ou, caso não seja Seguidor, pelo menos o primeiro e último nome;
2. Só serão aceites participações de pessoas residentes em Portugal Continental e Ilhas;
3. A Editora não se responsabiliza por extravios dos CTT, moradas incorrectas ou envios não reclamados.

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Novidades de Março

Apresentamos Nate, Big Nate, um rapaz destinado a grandes coisas... e também a meter-se em grandes sarilhos. A sua genialidade leva-o a trilhar por caminhos difíceis, mas ele sabe que no fim vencerá. Esta é a estreia de Big Nate - Numa Classe à Parte em Portugal. E o volume dois vem já a seguir! Para quem se preocupa em providenciar uma alimentação saudável alternativa aos seus filhos, a Arteplural reedita Alimentação Vegetariana para Bebés e Crianças; e para todos aqueles que procuram uma forma de terapia diferente para o seu bebé ou criança, também será relançado este mês Reiki para Todos – em especial para crianças. Conheça aqui todas as novidades deste mês.

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Novidades de Fevereiro

Actividades para o Desenvolvimento da Inteligência Emocional nas Crianças
Textos: GROP
Ilustrações: Ana Zurita

A inteligência emocional é considerada uma das capacidades mais importantes de uma pessoa, pois fomenta as relações com os outros e consigo mesmo, melhora a aprendizagem, facilita a resolução de problemas e favorece o bem-estar pessoal e social.

Nesta obra são abordadas cinco áreas de competências emocionais: consciência emocional; controlo emocional; autonomia emocional; habilidades sócio-emocionais; e habilidades de vida e bem-estar emocional. Em cada capítulo são propostos inúmeros exercícios e actividades para ajudar os educadores a desenvolver a inteligência emocional das crianças.

Adquirir e ensinar inteligência emocional não é fácil – é necessário treino e muita prática. Actividades para o Desenvolvimento da Inteligência Emocional nas Crianças é uma ferramenta fundamental para os educadores e para os pais, onde podem encontrar exemplos de como abordar e avançar na educação emocional das crianças entre os 8 e os 12 anos de idade.

ISBN: 978-989-8013-88-0; 192 pág., € 17,50
Lançamento: 11 de Fevereiro

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Novidades de Janeiro

Limpar, Purificar, Revitalizar

Charmaine Yabsley

Melhore a sua saúde, purificando o organismo e reforçando os níveis energéticos através destas práticas terapêuticas.


Todos os corpos e mentes podem beneficiar de um novo começo. Utilize os diversos planos deste livro para perceber qual a abordagem que se adequa melhor às suas necessidades e escolher qual a estratégia ou o tratamento de desintoxicação indicado para si. Esta abordagem holística à desintoxicação oferece uma vasta variedade de possibilidades:

• cinco planos de desintoxicação distintos que vão de uma desintoxicação rápida de um dia até uma desintoxicação de uma semana para ajudar a dar o empurrão para uma vida mais saudável;

• menus e receitas para uma dieta purificante, renovadora;

• planos passo a passo para criar um spa de saúde caseiro individual utilizando tratamentos de desintoxicação do corpo;

• informação detalhada sobre terapias para purificar corpo e mente;

• resumo descritivo de tratamentos clínicos.

Se tenciona melhorar a sua saúde integral ou resolver um problema específico, Limpar, Purificar, Revitalizar é um guia indispensável para parecer e sentir-se fortalecido e revigorado.

Sobre a autora:
Charmaine Yabsley é escritora e jornalista especializada nas áreas de saúde, nutrição, fitness e beleza. Entre os trabalhos publicados incluem-se: Miracle Juices, The Happy Plan, The Complete Diet and Lifestyle Plan for Natural Happiness, Natural Beauty Treatments, e muitos outros.

ISBN: 978-989-8013-86-6; 144 pág., € 16,50
Lançamento: 21 de Janeiro


Amor (Reedição)
Frases Seleccionadas
Paulo Coelho

Uma selecção de frases sobre o amor, a essência da vida, pelo autor mais notável dos nossos tempos. «O Amor nunca impede um homem de seguir a sua Lenda Pessoal. Quando isso acontece, é porque não é o verdadeiro Amor, aquele que fala a Linguagem do Mundo.» (em "O Alquimista")

ISBN: 978-989-8013-66-8; 128 pág.; € 14,00

Lançamento: 21 de Janeiro



Guia de Sobrevivência para as Belas Modernas (Reedição)

Cristina Azedo

Quer ter uma pele radiosa e um corpo cuidado? Acabar com os pontos negros e dizer adeus à celulite? Atrasar a chegada das rugas e evitar as estrias? Disfarçar as olheiras e combater os pêlos? Enfrentar os sinais de cansaço e viver uma gravidez sem receios? Neste livro descobrirá instruções imprescindíveis que lhe ensinarão tudo sobre os mecanismos da beleza feminina. Tão bem informada quanto uma especialista, depois é só fazer as escolhas certas, porque bastam pequenas mudanças de hábitos e comportamentos para ver resultados no seu aspecto global.

Acabaram-se os segredos de beleza.

Comece a viver sem medo do espelho, aposte no seu bem-estar!

Se estar bonita depende apenas de si, dê o primeiro passo hoje mesmo. Aprenda como fazer o diagnóstico da sua pele, que produtos comprar e como tirar o melhor partido deles, bem como pequenos truques para pôr o seu rosto a brilhar. Descubra tudo sobre a celulite e como vencê-la, porque é tão importante dar atenção aos seios ou como minorar as dolorosas pernas pesadas... e, ainda, porque é que a garrafa de água e o protector solar nunca lhe podem faltar.

Sobre a autora:
Licenciada em Ciências da Comunicação pela Universidade Nova de Lisboa e formada em Jornalismo pelo CENJOR, Cristina Azedo andou pelas redacções mais de uma década a fazer, sobretudo, revistas – Visão, Focus, Sábado, entre outras. Nos últimos anos, optou pelo jornalismo freelancer, colaborando em publicações como Pais e Filhos, Máxima ou Must/Jornal de Negócios. Pelo caminho, fez ainda formações profissionais na área da estética, da massagem e do bem-estar. Actualmente, além de escrever em revistas e blogues, é terapeuta de reflexologia e de shiatsu. Vive em Lisboa.

ISBN: 978-989-8013-90-3; 144 pág.; € 15,00

Lançamento: 12 de Janeiro